SIGA-NOS

Notícias

Sinfônicas do Carlos Gomes homenageiam os 400 anos de Belém na abertura do Fimupa

A Banda Sinfônica da Fundação Carlos Gomes abre a programação do XXIX Festival Internacional de Música do Pará na manhã deste domingo, 5, às 11h, no Theatro da Paz. O concerto tem entrada franca e terá a participação de alunos do curso de regência do Instituto Carlos Gomes (IECG) e maestros convidados, como Paulo Martins, que é professor no Conservatório de Música de Aveiro e do Instituto Piaget de Viseu, em Portugal.

A apresentação terá como solista o saxofonista brasileiro Humberto Araújo, experiente músico com mais de 20 anos de carreira, que já tocou com grandes nomes da MPB como Martinho da Vila, João Donato, Tim Maia, Jorge Benjor, Luís Melodia, Ivan Lins, Elba Ramalho, Paralamas do Sucesso, Elza Soares e Cidade Negra, entre outros.

No concerto, o público vai poder conferir o trabalho pedagógico que é feito no IECG, com a performance de alunos do curso de Regência, que integra a programação deste que é um dos principais eventos musicais do estado.

À noite, às 20h30, é a Orquestra Sinfônica Carlos Gomes que sobe ao palco do Theatro da Paz. Será a primeira vez que a OSCG fará a abertura do Festival novamente sob a regência do maestro Tobias Volkmann, do Rio de Janeiro. A Orquestra surgiu em 2015 após a reformulação da orquestra jovem da instituição. Com esse trabalho, o IECG oferta aos alunos maior possibilidade de desenvolvimento artístico na prática orquestral, com estímulo às habilidades técnicas e musicais.

“O principal objetivo da OSCG é o aprimoramento do aluno dentro de um ambiente artístico, fortemente vinculado ao processo acadêmico, além de promover a prática orquestral realizada pelo IECG’, diz Marcelo Jardim, diretor artístico do Festival e idealizador do curso de regência de bandas, em Belém.

O repertório terá composições do maestro Antonio Carlos Gomes, Mozart e Heitor Villa-Lobos, entre outros. Após conduzir a Orquestra Carlos Gomes no Festival do ano passado, em um concerto que teve a participação da soprano paraense de carreira internacional Adriane Queiroz, o maestro Tobias Volkman volta ao ‘da Paz’ para novamente reger os instrumentistas num trabalho que mostra o amadurecimento dos músicos paraenses.

Artista premiado em concursos internacionais de Regência, Volkmann é um dos principais nomes da nova geração de regentes brasileiros. O maestro é o titular da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e principal regente convidado da Orquestra Sinfônica Nacional – UFF, de Niterói. Já esteve à frente de grandes orquestras européias e sul-americanas, como a Orquestra Sinfônica do Porto, Orquestra Sinfônica Estatal do Museu Hermitage e Orquestra Sinfônica Estatal de São Petersburgo, Sinfônica de Brandemburgo, Orquestra Sinfônica do Chile, Orquestra Sinfônica da UNCuyo Mendoza e Orquestra Petrobras Sinfônica. No Brasil, conduziu a Filarmônica de Minas Gerais, Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Sinfônica de Campinas e dirigiu produções de ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde atuou como maestro assistente.

Abertura do XXIX Festival Internacional de Música do Pará. Dia 5 de junho (domingo), no Theatro da Paz. Entrada franca.

Concertos:

Banda Sinfônica da Fundação Carlos Gomes – 11h
Orquestra Sinfônica Carlos Gomes (OSCG) –  20h30

Por Rosa Cardoso